Hedla Lopes, a trajetória de uma campeã

Não é a primeira, nem a segunda, mas a sexta vez que a campeã mundial Hedla Lopes, 57 anos, conquista o primeiro lugar na competição Ironman – na categoria de 55 a 59 anos – que a levará para o Havaí ano que vem. Mas sua história vai além desta conquista.

Nascida em Fortaleza, Hedla começou na natação aos 10 anos, por motivo de saúde, mais precisamente por causa de uma escoliose. A partir disso, encontrou sua paixão pela água. Aos poucos, foi conquistando títulos e as ofertas para profissionalização não demoraram a surgir. Com 12 anos, recebeu um convite da Universidade Gama Filho para morar no Rio de Janeiro, o qual seu pai, diretor do Clube Náutico de Fortaleza, recusou. Pouco depois, aos 15 anos, recebeu outra oferta, dessa vez do Clube de Regatas Flamengo, do Rio de Janeiro, e mais uma vez o convite foi recusado.

Campeã mundial, Hedla mostra alguns de seus troféus. Foto: Iara Pereira

Campeã mundial, Hedla mostra alguns de seus troféus.

Ao longo de seu percurso na natação, obteve várias conquistas no norte-nordeste, como a entrada para a seleção brasileira, a ida ao pan-americano – nessa sendo a primeira mulher do norte/nordeste – e, mais tarde, campeã olímpica master de natação. Ao participar da travessia do Rio Negro, Hedla conheceu a presidente da federação de triatlhon que a convidou para participar do mundial de Aquathtlon, competição em duas modalidades, corrida e nado. Com isso, aceitou o desafio e para sua própria surpresa, ficou entre as 3 melhores. Devido a isso, aos 45 anos, resolveu comprar uma bicicleta para começar a treinar.

A atleta, que está há 12 anos competindo, participou 17 vezes do Ironman e conquistou 6 vitórias ao longo desses anos, competindo 3 vezes só ano passado. Sua última conquista no Ironman foi nesse último domingo (06/11), com prova de duração de 12 horas. Sua maior preocupação foi obter uma vaga no Havaí. “Eu não estava muito preocupada com meu tempo, eu sei que meu físico tava muito desgastado, eu procurei equilibrar toda a prova para que me deixasse ganhar para ter uma chance de ir novamente.”

Sua motivação? Se superar. “Eu sou movida a desafios, sabe? Eu acho que a melhor coisa é quando você tem um objetivo na vida. Eu quero isso, eu quero aquilo, e realmente você ser disciplinado, ser determinado, ter foco daquilo que você quer. Quando você tem tudo isso, você chega lá, você chega aonde você quer.”

“Eu sou movida a desafios, sabe? Eu acho que a melhor coisa é quando você tem um objetivo na vida. Eu quero isso, eu quero aquilo, e realmente você ser disciplinado, ser determinada, ter foco daquilo que você quer. Quando você tem tudo isso, você chega lá, você chega aonde você quer” (Hedla Lopes)

Hedla Lopes mostra um pouco de seu bom humor durante a entrevista.

Em suas competições, Hedla sempre procura estar bem equilibrada com o corpo e com a mente. “De nada adianta eu estar só o físico, se eu não trabalhei a minha mente e meu lado espiritual.“ Três ou quatro meses antes das competições, Hedla intensifica seus treinossimulando as provas.

A campeã tem duas filhas. A primogênita, que leva seu nome, está seguindo o sonho de ser atriz e mora no Rio de Janeiro. Já Vittória, a mais nova, teve um rumo parecido com o de sua mãe. A garota, com 19 anos, já é vice-campeã mundial do Aquathlton, mas antes disso, o “sétimo sentido” da mãe já percebia que sua filha trilharia os seus caminhos. “Você sabe que mãe tem um sétimo sentido, mulher já tem, imagine mãe, né? Eu senti”.

“Tu sabe que mãe tem um sétimo sentido, mulher já tem, imagine mãe, né? Eu senti” (Hedla Lopes)

Hedla já dizia para sua mãe que seu sonho era possuir uma academia para poder treinar atletas e, graças a muito esforço e foco, conseguiu fundar a primeira em 1985, na Aldeota, e outra localizada na Cidade dos Funcionários, aberta em 1992. Hedla ainda afirma que sempre é movida por sonhos e que seu próximo objetivo é ficar entre os 5 primeiros lugares na competição do Havaí. “Eu sempre fui muito determinada, sempre tive muito objetivo nas minhas coisas. Tudo que eu sonho eu vou atrás, e tem dado certo, eu consigo, entendeu? Mas é muita disciplina, eu tenho que às vezes abdicar de muitas coisas, para você ter seu interesse maior, que você pretende, seu sonho”, comenta a atleta.

“Eu sempre fui muito determinada, sempre tive muito objetivo nas minhas coisas. Tudo que eu sonho eu vou atrás, e tem dado certo” (Hedla Lopes)

Hedla Lopes deixou uma mensagem para os futuros atletas, incentivando as mães a colocarem seus filhos para praticarem exercícios desde pequenos. Confira o vídeo:

Menu
×